O jornal italiano Corriere della Sera apresenta hoje vários dados que apontam para a liquidação do ditador líbio pelos serviços secretos franceses. Estes teriam trabalhado persistentemente na localização de Kadhafi, por recearem que ele pudesse fazer revelações embaraçosas em tribunal sobre a sua quotização para a campanha eleitoral de Sarkozy em 2007.



lusa