Três meses após o Google ter avisado os seus utilizadores sobre ciberataques patrocinados por Estados, a gigante online veio dizer que este tipo de intrusões tem vindo a aumentar.

O New York Times escreve que dezenas de milhares de utilizadores estão na mira destes ataques com origem em Estados soberanos, muitos dos quais no Médio Oriente.


Desde terça-feira que o Google está a incluir na página do Gmail um aviso sobre os ciberataques, visível para todos os que podem estar a ser alvo destas iniciativas ilícitas.


«(…) Acreditamos que ataques patrocinados por Estados podem estar a comprometer a sua conta ou o seu computador», lê-se na mensagem de alerta da empresa.


Os ataques afectam dezenas de milhares de utilizadores, confirmou Mike Wiacek, manager de segurança de informação da Google.


Como precaução, os utilizadores que vêem esta imagem nos seus ecrãs podem começar por alterar a sua password. Paralelamente, poderão activar um processo de autentificação em dois passos, previsto pela plataforma, segundo o Cnet.com.


Fonte: Diário Digital