Seis assaltantes encapuzados e armados com revólveres lançaram anteontem à noite o terror no interior da loja da Staples em Alfragide, Amadora. O gang efectuou pelo menos dois disparos de arma de fogo no interior da superfície comercial – antes de obrigar os cinco funcionários presentes no local a deitarem-se no chão. O grupo escapou depois com uma quantia em dinheiro do cofre.



O ataque ocorreu pelas 22h30, quando a Staples estava perto de encerrar. No momento do crime estavam no interior da loja pelo menos cinco funcionários. Os seis assaltantes, encapuzados e vestidos com roupa escura, pararam um automóvel no parque de estacionamento da superfície comercial e rapidamente correram para o interior.

Ao que o CM apurou junto de várias fontes policiais, dois elementos do grupo ficaram à porta, enquanto os outros quatro – armados com pelo menos dois revólveres – se espalharam pelo interior, efectuando de pronto dois disparos para o ar. Os cinco funcionários que ainda estavam no interior foram de imediato obrigados a deitar-se no chão.

Alguns deles tiveram mesmo as armas apontadas à cabeça. Ao fim de alguns segundos de verdadeiro terror, uma das vítimas foi de novo obrigada a levantar-se e, com um revólver apontado à cabeça, forçada a caminhar em direcção a um cofre que está instalado no escritório da Staples.

Sempre de arma apontada, o funcionário foi coagido a abrir o cofre mediante a introdução de um código. Os quatro assaltantes conseguiram então deitar a mão a uma quantia avultada em dinheiro, que a PSP não estimou.

O grupo armado fugiu num automóvel a alta velocidade, tendo a PSP de Alfragide chegado em poucos minutos. A Polícia Judiciária investiga agora o roubo violento e já teve acesso à videovigilância da Staples.

cm