O polícia, de 37 anos, e outros colegas procediam à identificação de um morador na rua quando se instalou a confusão. E da janela de um prédio foi arremessada uma garrafa de vidro que se partiu na cabeça do agente. O homem foi transportado para o hospital, onde foi assistido.



O acto de violência gratuita ocorreu no bairro da Outurela, em Oeiras, enquanto os polícias identificavam um homem, suspeito da prática de um crime. A garrafa foi arremessada de um prédio próximo, mas a polícia não conseguiu perceber exactamente de onde foi lançada. O agente da PSP perdeu muito sangue, mas nunca perdeu a consciência. Foi de imediato transportado para o Hospital de São Francisco Xavier, em Lisboa, onde foi assistido.

cm