O desentendimento entre os dois homens começou na fila da Sociedade Beneficente Sopa dos Pobres, junto à Igreja dos Anjos, em Lisboa, anteontem ao final da tarde. Eram 19h30. Depois de uma troca de palavras mais acesa, um dos homens acabou por ser agredido à facada no pescoço e na cara.




Teve de ser operado no Hospital de São José, onde se mantém internado em estado grave. O agressor foi detido pelos agentes da PSP no local do crime.

Depois de receber o jantar, concedido pela instituição social, a vítima acabou por se refugiar num parque próximo da Igreja dos Anjos, mas foi surpreendida pelo agressor de 33 anos. Depois de ser agredido a murro e pontapé, o homem de 45 anos ainda levou várias facadas na zona do pescoço e na cara.

Os golpes no rosto aconteceram porque a vítima ainda tentou defender-se. As agressões só pararam quando uma pessoa que estava no local se apercebeu do ataque brutal e chamou a polícia.

A vítima perdera os sentidos. Os agentes prenderam o agressor com a faca ensanguentada ainda nas mãos. Foi levado para a esquadra e só hoje de manhã será presente ao juiz de instrução para aplicação das medidas de coacção. Tem antecedentes criminais por ofensas à integridade física.

cm