Ladrões fizeram buraco numa loja ao lado para conseguirem entrar na Fernando Jóias



O plano estava bem delineado e foi pensado ao pormenor. Durante a madrugada de ontem, os ladrões entraram numa loja devoluta, ao lado da Fernando Jóias, fizeram um buraco na parede e conseguiram chegar ao alvo. De dentro da ourivesaria, na rua D. Afonso Henriques, em Rio Tinto, conseguiram roubar cerca de cem mil euros em peças de ouro.

Depois de conseguirem destruir as paredes que dividem a loja abandonada e a ourivesaria, os assaltantes ‘limparam' montras, vitrinas e balcões. Tiveram tempo, durante a noite, para levar todas as valiosas peças. Nos arredores da Fernando Jóias, ninguém se terá apercebido do assalto milionário.

Só quando a sócia-gerente do estabelecimento chegou, pela manhã de ontem, é que percebeu o crime de que tinha sido vítima. Ficou devastada, até porque há cerca de quatro anos que a referida ourivesaria deixou de ter seguro.

Os donos da Fernando Jóias têm uma outra loja, com o mesmo nome, também na rua D. Afonso Henriques. Há três anos foram vítimas de um assalto à mão armada. Nessa altura, o roubo ocorreu durante a tarde e também rendeu aos ladrões cerca de cem mil euros.

A PSP esteve no local e passou o caso para a Polícia Judiciária do Porto. Ao fecho desta edição, os assaltantes não tinham sido encontrados.

cm