Chuva terá estado na origem do acidente que provocou um susto e ferimentos em três alunos, de nove, dez e 11 anos, que regressavam da escola para casa .



O despiste de um autocarro, ao início da tarde de ontem, em Vilarinho das Cambas, concelho de Vila Nova de Famalicão, provocou um susto e ferimentos em três crianças que regressavam da EB 2,3 de Ribeirão.

O acidente ocorreu às 13h15, numa altura em que começou a cair, no Minho, uma chuva miudinha, que, de acordo com as autoridades, motivou diversos acidentes na região.

As crianças, de nove, dez e 11 anos, residem na freguesia de Viatodos, concelho de Barcelos, para onde se dirigia o pesado da empresa Arriba, que tinha partido de Ribeirão. Ao que o Correio da Manhã apurou, não se tratava de um autocarro escolar, mas de uma carreira regular, que também faz o transporte de alunos, que, àquela hora, regressam a casa.

O veículo seguia na direcção de Viatodos, na EN309, quando, numa curva apertada e a descer, o motorista perdeu o controlo do veículo que, em vez de descrever a referida curva, seguiu em frente e embateu num talude de terra. Os ferimentos que as crianças sofreram resultaram do facto de terem batido com a cabeça no banco da frente, aquando do impacto provocado pelo acidente. Receberam tratamento hospitalar, mas tiveram todas alta ainda durante a tarde de ontem.

Os danos que o veículo sofreu também não foram muito avultados, circunscrevendo-se ao pára-choques e aos faróis, sobretudo do lado esquerdo.

No local estiveram os Bombeiros Voluntários de Famalicão, que procederam à limpeza da via.

cm