Um ex-árbitro de futebol da Associação de Futebol de Viseu morreu ontem de manhã quando o camião que conduzia se despistou na Estrada Nacional nº 16, nas imediações de Vouzela. Henrique Pereira, 57 anos, foi cuspido depois de o pesado ter capotado várias vezes por uma ravina com mais de 60 metros de profundidade.



O acidente ocorreu às 08h00, numa altura em que o piso estava molhado e escorregadio. O veículo pesado, que transportava paletes de madeira, despistou-se por motivos ainda desconhecidos, derrubou um pequeno muro de pedra que servia de protecção e tombou para a ravina - capotando três a quatro vezes.

"O condutor foi cuspido da cabina e embateu com grande violência numa pedra. Terá tido morte imediata", adiantou ontem ao CM Paulo Teixeira, segundo comandante dos Bombeiros Voluntários de Vouzela. Henrique Pereira residia na aldeia de Fataúnços, a quatro quilómetros do local onde ocorreu o acidente.

"Nem o facto de ele conhecer a estrada como as suas mãos evitou esta tragédia", desabafou entretanto Almiro Pereira, irmão da vítima mortal, que era camionista há cerca de 20 anos e deixa duas filhas e três netos. A GNR de Viseu investiga as causas que originaram o despiste.

cm