Alguns dos 15 militares que integram o quarto contingente da GNR, que está no Afeganistão a dar formação aos polícias no âmbito de uma missão da NATO, partem esta quarta-feira ao final da tarde para aquele país.



A força da GNR, que estará no Afeganistão durante seis meses, vai integrar o contingente português que actua naquele país, desde Março de 2011, sob a coordenação principal da Força de Gendarmerie Europeia (EUROGENDFOR).

Os militares, que asseguram a primeira participação da GNR numa missão da NATO, são destacados para Wardak, a 75 quilómetros de Cabul, e têm como missão "assessorar e monitorizar o funcionamento e a formação do único centro de treino nacional da polícia afegã", adianta a corporação.

Segundo a GNR, o processo de criação e implementação do centro de treino vai permitir, a curto prazo, a total autonomia desta escola de formação, que ficará sob a gestão integral da polícia afegã. Os restantes militares partirão no dia 20.

cm