Rolando terá já o destino traçado, que passa pela saída do FC Porto na reabertura do mercado, em janeiro.
Falta saber é se o central, com contrato até 2015, sairá de vez ou por empréstimo, cenário que chegou a colocar-se em agosto...
Dúvidas que persistem, mas poderão ser desfeitas no jogo com o Santa Eulália, para a Taça de Portugal.
Competição que já admite abrir a equipa aos jogadores menos utilizados - ainda que seja a Taça da Liga o verdadeiro laboratório de ensaios - e será como uma prova de vida para o defesa.
Para já, em nove jogos oficiais, só uma única vez Rolando fez parte das escolhas de Vítor Pereira - foi com a Académica, na Supertaça Cândido de Oliveira.

Fonte: A Bola