O antigo presidente da República Jorge Sampaio afirmou, sábado à noite, que é preciso um consenso alargado para renegociar as condições da ajuda externa a Portugal, porque os portugueses não aguentam mais austeridade.

«Já toda a gente percebeu que a austeridade rebenta com o país, com os portugueses e a sua esperança, com os direitos e até com a própria democracia», afirmou Sampaio, em entrevista ao programa ‘Portugal 2012’, da SIC Notícias.

O ex-presidente alertou para o perigo de uma «explosão social incontrolável» se nada for feito, mas sublinhou a importância de «uma nova manifestação de cidadania», referindo-se aos mais recentes protestos no País.

Jorge Sampaio disse, ainda, acreditar que o Governo possa cair antes do final da legislatura e pediu «ideias» e «aberturas partidárias» para que o país não prossiga para o «desespero.



lusa