Há algum tempo que o malabarista português e o homem-estátua inglês escolheram o centro histórico de Lagos para mostrar a sua arte. Anteontem à noite, disputavam ambos o mesmo lugar para actuar, na praça Gil Eanes. Da discussão passaram rapidamente às agressões. Acabaram detidos pela PSP.



Segundo o CM apurou junto de fonte do comando de polícia na região, os dois homens, o português de 55 anos, e o inglês de 52, desentenderam-se, pelas 22h00, junto ao edifício dos antigos Paços do Concelho e da conhecida estátua de D. Sebastião - local muito procurado por artistas de rua devido ao grande movimento de turistas e residentes.

"Agentes da PSP que estavam nas imediações aperceberam-se das agressões e acorreram de imediato ao local, para os separar", esclareceu a mesma fonte, que adiantou terem "sido detidos em flagrante", e que cada um "apresentou queixa contra o outro".

As agressões entre o malabarista - que desenvolve a sua arte com um monociclo - e o homem--estátua britânico não passaram despercebidas aos turistas nem aos lacobrigenses que na altura se encontravam na zona.

Testemunhas no local relataram ontem ao CM que as agressões envolveram empurrões, murros e até uma ‘gravata' - um deles agarrou o outro pelo pescoço, por trás, e apertou). As mesmas testemunhas contam que as agressões "duraram até à intervenção dos polícias". Os dois detidos são hoje presentes ao Tribunal Judicial de Lagos.

cm