Eliminada autorização de saída
Cuba abre portas para a emigração


Os cubanos vão precisar apenas do passaporte para viajarem para o exterior após 14 de Janeiro, após a eliminação da autorização de saída de Cuba e da carta convite do estrangeiro, na sequência de revisão legislativa, anunciou hoje o Governo.

A duração da estada no estrangeiro é estendida de onze para 24 meses, segundo a nova lei de migração que entrará em vigor 90 dias após a sua publicação hoje, no Jornal Oficial de Cuba, indica um comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Durante mais de 50 anos, os cubanos que desejavam sair da ilha deviam pedir uma autorização às autoridades e apresentar uma carta de convite do país estrangeiro que iriam visitar, não podendo permanecer fora de Cuba mais de onze meses, sob pena de os seus bens serem confiscados e serem considerados expatriados.

Esta revisão legislativa era das mais esperadas em Cuba desde a adopção de uma série de reformas económicas em 2011.

C. da Manha