Um jovem de 23 anos de Braga foi detido pela Polícia Judiciária pela prática do crime de burla qualificada.

«O arguido, que se intitula astrólogo, cientista e espiritualista, convenceu uma sexagenária residente em Vila Verde, com uma precária situação económica, de que através de magia lhe expulsava todos os males ou demónios», afirma o comunicado da PJ.

Durante os últimos meses, simulou «consultas» que a vítima pensou tratarem-se de «um processo terapêutico», tendo conseguindo arrecadar 33 mil euros.

O detido, desempregado e sem antecedentes criminais, foi presente à autoridade judiciária para primeiro interrogatório esta sexta-feira e aplicação de adequadas medidas de coação.



lusa