Um cidadão espanhol, de 90 anos, que estava morto há 15 anos, foi encontrado na sexta-feira, por acaso, pelos serviços municipais de Lille, no norte de França, quando procuravam a origem de uma infiltração de água.
Segundo o diretor do Departamento de Segurança Pública, em declarações à rádio "France Info", Alberto Rodríguez foi encontrado na cama, esquelético, e com o pijama vestido. Didier Perroudon acrescentou que, em princípio, ter-se-á tratado de uma morte natural.
O corpo foi descoberto por um agente municipal que entrou em casa do idoso depois de uma vizinha se ter queixado de infiltrações.
O mesmo responsável acrescentou que ainda não há certezas quanto à data da morte, sendo a única pista até agora as cartas que foram recebidas em 1997.
As autoridades vão também averiguar como foi possível o homem estar morto há tanto tempo sem que ninguém tivesse denunciado o seu desaparecimento.
"É a morte de um homem só numa sociedade em que não se dá atenção ao vizinho", sublinhou Didier Perroudon.

Fonte: Jornal de Notícias