No Cáucaso do Norte
Forças de segurança russas matam 49 alegados rebeldes em operação


As forças de segurança militar russas mataram 49 alegados militantes rebeldes numa operação ocorrida no Cáucaso do Norte, informou neste domingo o Comité Nacional Anti-Terrorismo.

Segundo a agência Reuters, houve ainda 30 detidos nesta zona localizada no Daguestão.

“Uma série de medidas coordenadas permitiram a supressão da actividade de um número de líderes notáveis, de membros de grupos de rebeldes e associados e permitiram uma significativa disrupção do ‘sistema de apoio’ dos grupos de ódio”, citou a agência Interfax.

As autoridades russas referem ainda que esta operação de grande envergadura permitiu detectar arsenais de armas e explosivos.

C. da Manha