Um homem de 47 anos foi ontem atropelado, na avenida Cidade do Porto, em Braga, e deixado ferido e prostrado na estrada pelo condutor de um Seat Ibiza cinzento, agora procurado pela Polícia.



José Mário regressava a casa, na praceta do Santo Condestável, da sua habitual ida ao café, que fica do outro lado da movimentada avenida, quando foi colhido pelo veículo que circulava no sentido de Ferreiros.

O atropelamento teve lugar pelas 18h00, longe de qualquer passadeira de peões e muito próximo da rotunda Santos da Cunha, que é atravessada por um túnel e por um viaduto. A vítima conseguiu atravessar cinco das seis faixas de rodagem, acabando por ser colhida na última, já muito próximo do passeio.

"Ele não devia ter atravessado aqui, porque é um local extremamente perigoso, mas o condutor do carro também só tinha era de ter parado e prestado o socorro possível ao homem", disse ao Correio da Manhã Adelino Sousa, uma das primeiras pessoas a chegar ao local após o sinistro.

José Mário sofreu ferimentos graves ao nível da cabeça e das costas, tendo sido socorrido no local pela equipa médica do INEM e transportado depois ao Hospital de Braga.

Fonte da PSP disse ao CM que a viatura envolvida no acidente não foi ainda identificada, já que as pessoas que se aperceberam do acidente não tiveram tempo de tomar nota da matrícula.

cm