Um apartamento em albufeira (Algarve) foi, no dia 1 de outubro, palco de um homicídio por asfixia. O criminoso foi detido pela Polícia Judiciária e aguarda julgamento em casa e com pulseira eletrónica.

Em comunicado enviado ao DN, a PJ informa que, através da Diretoria do Sul, "identificou e deteve, um homem pela presumível prática de um crime de homicídio".

O detido, cuja idade a PJ não revelou, terá asfixiado até à morte um indívíduo de 49. O crime deu-se a 1 de outubro, no interior de um apartamento em Albufeira.

Após ter cometido homicídio, o alegado criminoso abandonou o local, levando consigo o telemóvel, a carteira, o computador e o automóvel da vítima.

O detido foi presente às autoridades judiciais, tendo ficado a aguardar julgamento com obrigação de permanência na habitação e controlado através de pulseira eletrónica.



lusa