Fazia cópias das chaves das moradias que limpava e guardava os códigos dos alarmes. Mais tarde, entrava nas habitações, nas zonas de Vilamoura e Albufeira, e furtava objectos de valor sem deixar rasto. A empregada de limpeza foi anteontem surpreendida dentro de uma moradia pelos proprietários, que a trancaram no interior até à chegada da GNR.



A mulher de 48 anos, ao que o CM apurou, morava na zona de Quarteira e trabalhava numa empresa de limpezas, que fazia serviços em zonas de luxo de Vilamoura e Albufeira.

Actualmente, estava de baixa. No entanto, quando ‘limpava’ o recheio de mais uma moradia foi apanhada. "Sabia quais os hábitos dos proprietários e fazia os furtos sem arrombamento nem activação de alarmes", explicou ao CM fonte da GNR. Foram apreendidas váris de cópias de chaves e códigos de alarmes.

A mulher é suspeita de dezenas de furtos. Foi presente ontem ao Tribunal de Loulé e colocada em prisão preventiva.

cm