O Tesouro português fez uma colocação privada títulos a cinco anos, segundo a Bloomberg. A operação foi gerida pelo BPI e foi absorvida por investidores nacionais, diz a agência.

Investidores nacionais absorveram a colocação de 50 milhões de euros em títulos do Tesouro que foi gerida pelo BPI, avança a Bloomberg citando fonte do banco que pediu para não ser identificada.

A taxa de cupão inicial é de 3,75% mas a partir de Janeiro de 2015 passarão a dar uma rendibilidade de 250 pontos-base acima da Euribor a seis meses. As notas têm uma cláusula que prevê um reembolso antecipado, a pedido dos investidores.

Apesar do montante relativamente baixo, é também através de colocações privadas de dívida que o Governo pretende satisfazer as necessidades de financiamento do próximo ano, sobretudo depois da revisão das metas do défice sem que isso implique um reforço do “envelope” da troika.


Fonte: Jornal de Negócios