O Tribunal de Pombal está a analisar dois locais para internar compulsivamente o doente de Foitos, Louriçal, a quem foi diagnosticada uma tuberculose multiresistente, há quatro meses.



O Centro Hospitalar de Coimbra e o hospital da prisão de Caxias, precisamente as unidades que já tinham recusado receber o doente, disponibilizaram ontem um quarto para o efeito.

O homem, de 41 anos, imigrante ucraniano, recusa-se a fazer o tratamento, o que está a preocupar o delegado de Saúde de Pombal, José Ruivo, e a alarmar a população da localidade. Face ao risco de contágio, o caso foi encaminhados para tribunal.

cm