As tecnológicas Critical Software e Sauter anunciaram hoje a criação de um novo projecto em Portugal, a Verticalla, um investimento de dois milhões de euros que vai criar mais de 20 postos de trabalho.
Em declarações à Lusa, o director-geral da Verticalla, empresa que aposta no mercado mundial da eficiência energética de edifícios com soluções inovadoras, disse que o «investimento de arranque é de dois milhões de euros», mas que até 2017 vão ser investidos mais seis milhões de euros.
A Verticalla, com sede na Suíça, tem um centro de investigação e desenvolvimento em Coimbra.
Questionado porque razão a sede é na Suíça, Rui Avelãs explicou que um dos motivos é que o «primeiro público-alvo da empresa seja na Europa Central», em países como a França, Suíça, Bélgica, Dinamarca e Holanda.
A outra é porque a Sauter está na Suíça e é líder em soluções tecnológicas.
Com sede na Suíça, «é mais fácil entrar nestes mercados», acrescentou o director-geral.
A Verticalla, que vai desenvolver soluções integradas para edifícios inteligentes, tendo em conta a eficiência energética, vai ainda apostar nos mercados da Ásia, Brasil e Reino Unido, além de Portugal.
«Já começámos a fazer os primeiros contactos em Portugal», disse Rui Avelãs, adiantando que actualmente são 24 os colaboradores neste mercado, mas que a empresa prevê aumentar o número nos próximos meses.
«Neste momento vamos continuar a aumentar tanto em Portugal como no estrangeiro».
A tecnológica tem como meta obter uma facturação de 10 milhões de euros dentro de seis anos.
«O primeiro ano de actividade será de investimento, pelo que prevemos um volume de negócios de 300 mil euros».
Um dos objectivos para o mercado português, adiantou, é que o volume de negócios neste mercado represente 10 por cento do total.
«Acreditamos que o mercado português venha a ter um peso interessante», sublinhou.
Este projecto, resultante da joint-venture entre a tecnológica portuguesa Critical Software e a suíça Sauter, aposta no desenvolvimento e comercialização de produtos e serviços fruto de dois anos de inovação e desenvolvimento conjuntos, tendo em vista a obtenção de níveis extremos de eficiência energética em edifícios inteligentes, refere a Verticalla.
A apresentação oficial da empresa terá lugar hoje em Coimbra.

Fonte: Lusa/SOL