A jovem paquistanesa de 14 anos que ficou gravemente ferida na sequência de um ataque de talibãs vai regressar ao Paquistão.

O regresso de Malala Yousufzai ao país, assim que recupere dos ferimentos e receba alta hospitalar, de um estabelecimento de saúde do Reino Unido, foi confirmado pelo pai da adolescente.

«Quando ela caiu, o Paquistão levantou-se e o mundo inteiro também. Quiseram matá-la mas ela caiu temporariamente. Irá reerguer-se», disse Yousufzai.

A jovem deverá regressar ao Paquistão, apesar das ameaças.



lusa