A Polícia Judiciária da Guarda deteve dois homens e duas mulheres, com idades entre os 22 e os 36 anos, suspeitos da autoria de crimes de sequestro e roubo de um homem.

O Departamento de Investigação Criminal da Polícia Judiciária (PJ) da Guarda refere, em comunicado, que os factos ocorreram na região de Gouveia, no dia 21 de outubro.

A vítima foi atraída ao local "a pretexto de um encontro sexual", tendo sido surpreendida pelos detidos, que a terão agredido, de imediato, com um martelo.

De seguido, "roubaram-lhe o cartão multibanco e mantiveram-na sequestrada, enquanto utilizavam o cartão para fazer levantamentos e pagamentos, após o que a abandonaram no local", segundo a PJ.

A polícia acrescenta que quando abordou os suspeitos, conseguiu recuperar parte do dinheiro indevidamente levantado com o cartão multibanco e alguns dos bens adquiridos. Foi também apreendido o martelo utilizado para agredir a vítima, um homem de 49 anos, de Fornos de Algodres.

Os detidos estão obrigados a apresentações periódicas às autoridades e à proibição de contactos.




lusa