Ataque
Homem queimado vivo por multidão na Nigéria


Um homem foi queimado vivo este Domingo numa cidade do norte da Nigéria quando uma multidão de cristãos enfurecidos com um ataque suicida contra uma igreja saiu para as ruas armada de paus à procura de muçulmanos.

A multidão atacou e espancou o homem, condutor de um mototáxi, atirou a motocicleta para cima dele e regou-o com gasolina, lançando-lhe fogo em seguida, segundo um jornalista da agência France Presse em Kaduna, que assistiu ao incidente.

Um elemento dos serviços de emergência, que pediu anonimato, confirmou a morte e disse que não foi possível salvar o homem porque a multidão tinha sido muito violenta.

A violência ocorreu depois de um atentado com um carro armadilhado contra uma igreja cristã em Kaduna, durante o serviço religioso de domingo.

Segundo o diário nigeriano Leadership, pelo menos 15 pessoas morreram no ataque.

Segundo um responsável no local, um atacante terá tentado lançar o automóvel contra a entrada da igreja, mas embateu numa barreira.

Esse responsável, que pediu anonimato, indicou haver três mortos confirmados, incluindo o atacante, e dezenas de feridos.

C.da Manha