Cerca de 500 quilos de berbigão capturados ilegalmente foram apreendidos pela Polícia Marítima (PM) na praia de Faro. O marisco, que as autoridades suspeitam que seria para vender no mercado espanhol, foi devolvido à Ria Formosa.



A apreensão pela PM aconteceu anteontem. Foi ainda identificado um mariscador sem licença, que usava uma embarcação de recreio para fazer o transporte do marisco.

Trata-se da segunda apreensão de berbigão em grandes quantidades, por parte da PM, num período de três semanas, devido à falta de licenciamento para a actividade. Já no início deste mês tinham sido apreendidos a outro homem 300 quilos de marisco, na doca do Ginásio Clube Naval de Faro. As pistas recolhidas e as grandes quantidades apreendidas levam as autoridades a acreditarem que, em ambos os casos, o marisco tinha como destino o mercado espanhol. Os agentes estão "sensibilizados" para a eventualidade de novas ocorrências.

Ao que o CM apurou, o mariscador reside em Faro. Foi detectado cerca da 01h00 de domingo, numa "acção normal de patrulhamento na Ria Formosa", esclareceu ao CM Marques Ferreira, comandante da Autoridade Marítima do Sul.

Ao ser abordado, o homem revelou não ter licença de mariscador profissional e "tinha muito mais do que os dois quilos permitidos na apanha lúdica", explicou o mesmo responsável.

Foi identificado e vai agora ser alvo de um processo de contra--ordenação, cuja multa varia entre os 500 e os 3740 euros.

cm