Um britânico de 61 anos com um historial de abusos sexuais de crianças confessou-se culpado de ter atacado uma menina de sete anos, tendo sido condenado a oito meses de prisão com pena suspensa, indicou que pretende processar a criança por esta o ter «seduzido».


O indivíduo disse ao tribunal que a menina o seduziu e levou-o para a cama «à força».

Os serviços de protecção das crianças classificaram as declarações do homem «revoltantes» e criticaram o facto de apenas ter sido condenado a oito meses com pena suspensa.


lusa