Duas funcionárias dos CTT de São Mamede Infesta, em Matosinhos, foram ontem agredidas e assaltadas por uma dupla depois de terem levantado no banco 25 mil euros para pagar as reformas.



Uma mulher foi arrastada pelo chão e sofreu escoriações no braço, a outra levou com gás-pimenta na cara. Foram hospitalizadas.

O assalto ocorreu às 11h30, na rua Godinho de Faria, quando as funcionárias estavam a chegar ao posto dos Correios. Ao saí-rem do carro, foram surpreendidas por um veículo, com dois ocupantes de boca tapada, que travou a fundo e parou ao lado.

Um dos ladrões puxou a bolsa, com o dinheiro, à mulher, de 53 anos, arrastando-a pelo chão. “Não se preocupe que isto não dói nada”, disse à colega, de 32 anos, antes de lhe borrifar gás-pimenta. As vítimas foram pedir auxílio na padaria Aliança.

“Entraram aflitas e esperaram aqui pela PSP e a ambulância”, contou Vítor dos Santos.

cm