Cerca de quinze pessoas foram retiradas depois de um incêndio ter deflagrado, na madrugada de ontem, num prédio devoluto em Santos, Lisboa.



O prédio, no Largo Conde Barão, não é habitado – um restaurante funciona no rés-do-chão –, mas os moradores do imóvel ao lado foram retirados, minutos após o início do fogo, às 04h23.

“Chegámos a Lisboa às 23h00 e algumas horas depois, quando estávamos a dormir, os bombeiros bateram à porta para irmos para a rua, pois havia um fogo. Não houve muito pânico, mas parece que em Lisboa tudo acontece”, disse entre risos ao CM o turista holandês Henny Wolters, de 62 anos.

O fogo acabou extinto às 07h00 e foi combatido por 41 bombeiros, apoiados por nove viaturas.

cm