Arsène Wenger revelou que Robin van Persie teve a oportunidade de escolher entre as duas principais equipas de Manchester quando, no final da última época, decidiu deixar o Arsenal.
«É verdade, o Manchester City estava interessado nele mas o jogador preferiu ir para o United», diz o treinador francês.
Depois de oito anos de trabalho conjunto com o holandês, nos gunners, Wenger não esconde que preferia ter visto o avançado sair para...o estrangeiro.
«Seguramente teria preferido que ele tivesse ido para um clube que não fosse inglês», admite.

Fonte: A Bola