George Papaconstantinou e o seu sucessor, Evangelos Venizelos, arriscam acusações de negligência criminosa.

Os antigos ministros das Finanças da Grécia George Papaconstantinou e Evangelos Venizelos arriscam ir a tribunal para enfrentar acusações de negligência criminosa, noticia hoje o Finantial Times, citando especialistas legais.

Em causa está a polémica "Lista Lagarde", publicada recentemente por um jornalista grego, que incluía cerca de dois mil gregos com contas bancárias na Suíça.

Agora o Parlamento grego é chamado a investigar por que razão os dois antigos responsáveis pela pasta das Finanças não actuaram perante o conhecimento desta lista com os nomes dos gregos que não cumpriam as obrigações fiscais.

O pedido para a realização desta investigação surgiu hoje da parte de Gregoris Peponis, um procurador financeiro, no dia em que o jornalista que revelou a "Lista Lagarde" foi absolvido da acusação de violar as leis de protecção de dados.









economico