Estava em prisão domiciliária mas, em finais de Agosto, decidiu cortar a pulseira electrónica e fugir de casa. Desde então andava a monte e dedicava-se ao roubo por esticão e a assaltar residências, em Faro. Foi detido pela PSP, cerca das 07h00 de ontem, depois de ter tentado assaltar mais uma casa, na cidade.



Segundo o CM apurou junto do Comando Distrital da PSP, o assaltante, de 20 anos, foi detectado pelos proprietários quando tentava introduzir-se numa habitação. As vítimas estavam a dormir, mas ouviram barulho e perseguiram o ladrão até à chegada da PSP. Os agentes continuaram a perseguição e conseguiram detê-lo, apesar da resistência oferecida pelo assaltante.

A PSP descobriu, depois, que o detido tinha feito outro furto numa casa, ocorrido momentos antes, na mesma zona. Da residência foram levados vários artigos de ouro, parte dos quais recuperados após a detenção.

O indivíduo estava a ser investigado pela PSP "há cerca de dois meses, em virtude de sobre ele existirem fortes suspeitas da autoria de vários roubos e furtos por esticão, em residências e a estabelecimentos, na cidade de Faro e suas imediações", esclareceu o Comando da Polícia.

A PSP continua a investigar o caso, no sentido de recuperar mais artigos furtados, bem como recolher elementos que confirmem a ligação do detido a um número significativo de furtos e roubos ocorridos na cidade. O assaltante é hoje presente ao Tribunal de Faro para aplicação de medida de coacção.

cm