Visivelmente embriagado, o jovem entrou a cambalear no café Dias, na Brandoa, Amadora, ontem de manhã, e pediu uma bebida. Quando o dono, João Dias, negou, a resposta não se fez esperar. Furioso, o jovem invadiu o balcão e espancou-o violentamente.



Dois agentes da PSP foram chamados ao local e acabaram também agredidos pelo jovem antes de o conseguirem deter. Os dois polícias tiveram de ser assistidos.

Passava pouco das 09h00 quando Rui, residente na zona, com cerca de 20 anos, entrou no café Dias, ao pé de casa. "Entrou com um amigo e disse que precisava de beber. Eu disse que não servia álcool, ele insistiu e avisei-o para sair. O amigo ainda o tentou tirar daqui, mas ele estava furioso. Quando me viu a chamar a polícia, veio para cima de mim", contou ontem ao CM João Dias, de 62 anos.

"Deu-me murros, pontapés, rasgou-me o avental e a camisa, sempre a gritar que me matava. Estava descontrolado a espancar-me, ninguém o conseguia agarrar", disse João Dias, que sofreu ferimentos.

"Quando os polícias chegaram, ele virou-se a eles", conta o proprietário. Dois agentes da PSP não escaparam à fúria do jovem: agrediu-os a soco e pontapé. Foi algemado e levado para a esquadra. Vai hoje a tribunal.

cm