Um dos assaltantes fica preso preventivamente enquanto cúmplice sai em liberdade .



A Polícia Judiciária do Porto deteve ontem os dois homens que assaltaram na passada sexta-feira a loja de compra e venda de ouro Lucind’ouro em Valadares, Gaia, a poucos metros da esquadra da PSP. São dois jovens, da Moita e de Vila Nova de Gaia, ambos com cadastro por crimes do género. A PJ investiga se estão envolvidos em mais assaltos.

Ouvidos ontem em tribunal, um dos suspeitos ficou preso e o outro saiu em liberdade com apresentações periódicas. Trata-se do jovem que estaria na posse da arma, mas cuja vítima não conseguiu reconhecer com exactidão.

Na operação, a PJ apreendeu uma arma caçadeira de canos serrados, munições, uma soqueira e um aerossol.

Segundo o CM noticiou na altura, os assaltantes começaram por distrair o funcionário da loja, de 62 anos. Um deles apontou--lhe uma pistola à cabeça, enquanto o cúmplice entrou na loja e roubou 1160 euros e o relógio da vítima.

cm