O agressor, de 31 anos, já andava a rondar a freguesia da Apelação, concelho de Loures, há vários dias. Anteontem à tarde, apercebeu-se da presença de uma mulher, "que sofre de perturbações mentais" – segundo moradores –, e não hesitou em abordá-la. Andaram a pé, durante vários quilómetros, mas quando chegaram a casa do suspeito, na zona de Camarate, o homem tentou violá- -la. A mulher foi salva por familiares, que conheciam a morada do agressor.



"Passei por eles na estrada que liga a Apelação a Camarate por volta das 16h00, mas nunca pensei que fosse acontecer aquilo, senão tinha ido em auxílio dela", disse ontem ao CM um morador da freguesia. "Ficou muito maltratada", afirmou um outro morador.

Encontrada com roupas rasgadas e com vários hematomas, a mulher, de 30 anos, foi transportada para o Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, mas foi depois transferida para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa – onde, já à noite, foi avaliada pela Medicina Legal, que confirmou a existência de marcas de agressão.

A PSP de Sacavém foi chamada ao local pelos familiares. Quanto ao suspeito, está identificado pelas autoridades, mas ainda não foi detido.

cm