O preço da castanha resiste ao agravamento da crise económica, e há cinco anos que a dúzia de castanha assada custa dois euros no centro de Lisboa e do Porto, havendo mesmo locais, como a Boavista, na Invicta, onde o preço é de 2,5 euros.



No Cais do Sodré (Lisboa), o vendedor Nuno Pinto refere que as pessoas consomem menos, mas por esta altura há sempre quem compre. E hoje, dia de São Martinho, de norte a sul do País são realizados magustos, sendo que o preço do quilo da castanha varia entre os dois e cinco euros. Um magusto pode também ser um bom pretexto para a divulgação de novas tecnologias, como o que aconteceu ontem, em Coimbra, numa acção de formação sobre a construção de fornos solares, promovida pelo docente da Universidade do Algarve Celestino Ruivo.

cm