A terceira edição de ‘Casa dos Segredos’ continua a gerar polémica e atingiu um número recorde de queixas na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC). Ao CM, o organismo diz que até à passada sexta-feira recebeu "mais de 300 participações visando o programa ‘Casa dos Segredos 3’", quase o triplo das 103 reclamações contra a segunda edição do programa.



De acordo com a ERC, "um número muito elevado destas participações incide sobre matérias referentes às regras do concurso, que não se inserem dentro das competências" do regulador. Assim, diz a entidade, estas queixas contra o formato da TVI "serão encaminhadas para a autoridade que será competente para se pronunciar: a Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna".

Além desses casos, a ERC recebeu "participações que se prendem com alegados insultos e ameaças à integridade física de alguns concorrentes, publicidade enganosa, linguagem e imagens de teor inapropriado, alegado consumo de estupefacientes e falta de imparcialidade na condução do programa", sendo que "estas queixas seguirão a sua tramitação processual normal" na ERC. Contactada, a TVI apenas diz que estes números "não são uma surpresa", já que os reality shows "são sempre polémicos".

cm