Uma mulher de 50 anos morreu, dois bombeiros ficaram feridos e um prédio destruído, deixando desalojadas duas famílias. Foi este o resultado de um trágico incêndio num edifício no largo do Pelourinho, em Mesão Frio.



Tudo aconteceu pelas 22h00 de anteontem. Marcília Teixeira, vítima mortal, ainda foi à varanda do 2º andar, sendo aler-tada pelo comandante dos Bombeiros de Mesão Frio, Paulo Teixeira, para aguardar na mesma pelo resgate. Contudo, a mulher terá ignorado o pedido e acabou por morrer asfixiada. "Foi uma noite de tragédia, muito medo e angústia", descreveu, em lágrimas, Valentim Teixeira, comerciante vizinho.

Ao que o CM apurou, Marcília foi encontrada deitada no chão da cozinha e antes ter-se-á trancado dentro de casa. As equipas de socorro ainda tentaram reanimar a vítima, mas os esforços foram em vão.

Durante o ataque ao fogo, dois bombeiros foram atingidos por destroços projectados na sequência da derrocada de parte do telhado e sofreram ferimentos ligeiros, tendo um deles recebido assistência no local.

O incêndio começou no 1º andar do edifício - onde residia um casal e três filhos -, mas as causas ainda não estão determinadas com exactidão, suspeitando-se de um curto-circuito. A família foi acolhida pela Santa Casa da Misericórdia de Mesão Frio. Um casal de idosos, que morava no rés-do-chão, ficou em casa de familiares.

cm