A tarefa de digitalizar livros não é das mais fáceis, principalmente com obras antigas. O Google faz isso há oito anos e já criou versões digitais de mais de 130 milhões de livros pelo Google Books.

Mas o número de novas publicações que ganham versões para serem lidas em computadores, smartphones ou tablets caiu nos últimos anos. Para tornar a tarefa mais simples, um engenheiro do Google criou uma máquina de 1,5 mil dólares que consegue digitalizar um livro por conta própria sem a necessidade de ficar a virar a página: o dispositivo faz isso sozinho.


Um engenheiro publicou informações sobre o protótipo da máquina no Google+. Este usa o sistema de sucção de um aspirador de pó convencional para isolar as páginas, e digitalizar frente e verso da folha de uma vez. Segundo o engenheiro, é possível digitalizar até 1000 páginas de um livro em apenas 90 minutos sem muito esforço.
A máquina é aberta: o engenheiro colocou o código na Internet e qualquer pessoa que quiser criar uma em casa pode fazer (isso considerando que tenha os conhecimentos técnicos necessários).


Pelo site do Google Code é possível assistir a um vídeo de 30 minutos que ensina a montar a sua própria máquina.


Fonte: Diário Digital