O Ministério Público (MP) está a investigar uma denúncia de abusos sexuais apresentada recentemente à Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Castelo de Paiva. Em causa estará um avô que terá violado a neta, de 12 anos, numa freguesia daquele concelho.



"A criança em causa está sinalizada na comissão depois de ter sido apresentada uma queixa anónima de abuso sexual. Com estes indícios encaminhamos o processo para o Ministério Público que tem competência para investigar o que realmente aconteceu", referiu ao CM uma responsável pela instituição que funciona na Câmara Municipal de Castelo de Paiva.

Na localidade, a suposta violação da menina é o principal tema de conversa. "Ela tem 12 anos e anda na escola primária. Agora tem uma nova psicóloga com quem se abriu sobre o que o avô lhe fez", disse uma moradora. Segundo o CM apurou, a menor e o avô continuam a manter contacto.

cm