Os dois homens que na madrugada do dia 1 de Setembro semearam o pânico ao agredirem violentamente e depois assaltarem, com recurso a uma arma de fogo, um indivíduo junto a uma zona de rulotes nas Quintãs, em Aveiro, foram anteontem detidos pela PJ. E ontem foram presentes a tribunal



O caso remonta à madrugada de 1 de Setembro, cerca das 05h30. Os dois homens, desempregados, com 28 e 30 anos, terão agredido com vários murros, pontapés, e ainda com o recurso a uma soqueira, um outro homem para lhe conseguirem roubar um telemóvel e um fio de ouro.

Os dois agressores efectuaram depois três disparos para o ar, para afugentar os vários populares que estavam a tentar socorrer a vítima e também tentavam impedir os dois assaltantes de fugir.

O roubo e as agressões ocorreram perto das rulotes de comida e bebida situadas nas imediações da discoteca Estação da Luz. Devido às violentas agressões, a vítima teve de ser assistida e transportada pelos Bombeiros Voluntários Velhos de Aveiro para o Hospital Infante D. Pedro, em Aveiro.

No decorrer das duas detenções, a Polícia Judiciária de Aveiro conseguiu recuperar o telemóvel que tinha sido roubado e que estava na posse dos dois suspeitos, ambos naturais do Cazaquistão.

Os detidos foram ontem ao Tribunal de Aveiro para primeiro interrogatório judicial, mas à hora de fecho desta edição, não eram ainda conhecidas as medidas de coacção aplicadas pelo juiz.

cm