Pssss…. utilizadores com equipamentos Android…o CyanogenMod 10 chegou! No dia em que a Google deu inicio à comercialização de equipamentos da linha Nexus, em alguns países, e disponibilizou também o Android 4.2 (o mais open-source de sempre (apenas com drivers GPU proprietários) para alguns dispositivos, o grupo de trabalho CyanogenMod disponibilizou, após alguns meses árduos de trabalho, a versão 10 do CyanogenMod – a ROM mais famosa do mundo Android.



Para quem não conhece, o projecto CyanogenMod é considerado a ROM mais famosa do mundo (que pode substituir a ROM que vem do fabricante) e conta com cerca de 500 mil de utilizadores das suas releases oficiais, mais uns chorudos 300 mil provenientes de KANGS (um KANG é alguém que compila a rom a partir de umas sources “oficiais” e lança para o público, não sendo lançada pela própria equipa que tem as sources). As estatísticas referentes ao número de instalações desta ROM podem ser consultadas aqui.

O CyanogenMod 10 é baseado no Android 4.1 Jelly Bean e traz algumas novidades muito interessantes, das quais se destacam:
•Modo “área de trabalho expansível”
•Gestor de ficheiros incorporado, com privilégios root

Relativamente aos dispositivos suportados, o CyanogenMod 10 está neste momento disponível para alguns dispositivos “de peso” como é o caso do:
•Samgung Galaxy SIII
•Samsung Galaxy SII
•Samsung Galaxy S
•Samsung Galaxy Nexus
•Samsung Epic 4G
•Samsung Captivate
•Google Nexus 7
•Google Galaxy Nexus
•HTC One S
•HTC One XL
•HTC Evo 4G
•LG Optimus
•LG Optimus Black
•LG Nitro HD
•ASUS Transformer Pad
•Motorola Xoom
•Sony Xperia T

Em média cada ROM ocupa tem entre 150 a 160 MB. Nos próximos dias espera-se que o CyanogenMod 10 esteja disponível para outros dispositivos.

Além das novidades já referidas, a equipa do CyanogenMod anunciou, via Google+, já que está a trabalhar na próxima ROM que será baseada no Android 4.2 Jelly Bean e que está era ser designada por CM 10.1 (e não CM 11).

pplware