Cinco candidatos passam à 2.ª fase da privatização da ANA

O Conselho de Ministros aprovou hoje a passagem dos consórcios Blink, Eama, Fraport/IFM, Vinci e Zurich à segunda fase de privatização da ANA.A Parpública deverá agora dirigir convites a cada um dos potenciais investidores para procederem à apresentação de propostas vinculativas de aquisição de parte ou da totalidade das acções.
A secretária de Estado do Tesouro, Maria Luís Albuquerque, esclareceu que dois destes consórcios integram empresas portuguesas: a Blink (Mota-Engil, Odinsa, etc.) e EMEA (Corporácion América, Sonae Sierra, entre outras).
O consórcio alemão Fraport concorre com o fundo australiano IFM, a Zurich é um consórcio entre o aeroporto de Zurique e um investidor privado e a Vinci é francesa.

Fonte: Lusa/SOL