Um incêndio deflagrado na zona de transporte de bagagens do Aeroporto Internacional Simón Bolívar de Maiquetía, levou as autoridades venezuelanas a suspender preventivamente, na tarde de quarta-feira, a partida de voos internacionais durante mais de cinco horas.

Segundo fontes aeroportuárias o incêndio ocorreu no terminal internacional daquele aeroporto e embora as chamas não fossem visíveis, o forte fumo obrigou ao desalojo de centenas de passageiros e a restringir a circulação de viaturas.

No sítio esteve presente a titular do Ministério de Transporte Aquático e Aéreo, Elsa Gutiérrez e o diretor geral daquele aeroporto, Luís Gustavo Graterol, que explicou aos jornalistas que "só dois voos internacionais foram desviados para aeroportos alternativos".

As causas do incêndio estão a ser investigadas pelas autoridades.

O Aeroporto Internacional Simón Bolívar de Maiquetía é o principal terminal aéreo do país e está situado 20 quilómetros a norte de Caracas.




lusa