O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, alertou nesta sexta-feira que a violência não contribui para os interesses dos trabalhadores portugueses e disse que acções violentas só servem para desviar as atenções dos problemas.



"A violência só interessa à outra parte. Violência neste momento, seja ela qual for do ponto de vista fortuito como aquela a que assistimos, não resolve problema nenhum dos trabalhadores, pelo contrário, só prejudica a luta dos trabalhadores", afirmou Arménio Carlos aos jornalistas depois de intervir no 10.º Congresso da União dos Sindicatos do Porto.

Já durante o discurso que realizou no evento, o líder da central sindical havia lamentado, uma vez mais, as cenas que tiveram lugar diante do Parlamento na quarta-feira e colocou a questão: "Quem é que beneficiou com a violência? Não foram os trabalhadores."

cm