Foi localizado em Itália o tunisino de 26 anos que deixou em choque a cidade francesa de Vienne, onde é suspeito de ter matado a mulher e dois filhos – uma menina de cinco anos e um bebé de três meses, só este filho de ambos.



"Saiu de França. Recuperámos-lhe o rasto em Itália. Sabemos que esteve em Turim e Roma", declarou ontem o Procurador da República de Grenoble, Jean-Yves Coquillat, dando conta de que já tinha sido emitido um mandado de captura.

O alerta dos crimes foi dado pela avó materna das crianças, que, sem saber da família, chamou a polícia. Arrombada a porta, um rasto de sangue conduziu as autoridades ao frigorífico, onde encontraram os corpos das crianças e, sob o sofá, o cadáver da mãe. O casal tinha historial de violência.

cm