Passagem de nível estava aberta quando o autocarro tentou atravessar a linha e foi colhido por um comboio a alta velocidade. Funcionário responsável pela passagem estava a dormir.



Cinquenta pessoas morreram, 48 das quais crianças entre os quatro e os oito anos, num acidente que envolveu um autocarro escolar e um comboio na cidade de Assiut, a sul do Cairo.

O acidente deu-se quando o autocarro tentava atravessar uma passagem de nível que estava aberta. Quando se encontrava na linha sofreu o embate de um comboio que circulava a alta velocidade. O impacto foi tão forte que o autocarro ficou partido ao meio e as testemunhas descrevem um cenário de terrível mutilação e morte.

Para além das crianças mortas haverá cerca de outras trinta que estão feridas. Os outros dois mortos são o condutor do autocarro e uma mulher que viajava abordo.

Segundo as autoridades o guarda da passagem de nível estaria a dormir quando se deu o acidente, tendo sido detido.

cm