O alerta caiu nos Bombeiros de Carcavelos, em Cascais, poucos minutos antes das 13h00. Um BMW com dois ocupantes despistou-se na avenida Marginal, em frente ao Hospital Ortopédico, e voou cerca de dez metros até cair nas rochas junto ao mar. À chegada ao local, os bombeiros viram logo uma mulher, de 72 anos, na água e a gritar – tinha sido projectada e estava em estado de choque.



Dentro da viatura permanecia um homem de 58 anos, que teve de ser desencarcerado. O casal estava ontem à noite internado no Hospital de Cascais em estado grave. A PSP está a investigar as causas em que ocorreu o despiste.

"Quando chegámos ao local a mulher estava na água a pedir ajuda e disse-nos que havia mais uma pessoa dentro do carro. Tivemos de desencarcerar o homem que estava preso. Ele tinha um traumatismo craniano e, por isso, era o ferido que precisava de mais assistência", disse ontem ao CM o adjunto de comando dos Bombeiros de Carcavelos, Pedro Carvalho.

O carro embateu no passeio e com a força do choque foi projectado, vindo a cair nas rochas.

Vários os condutores assistiram ao acidente. Um deles chamou a PSP. A circulação esteve condicionada durante duas horas.

cm