Fotógrafo especializado em funerais e cemitérios, o parisiense André Chabot decidiu levar mais longe a sua arte: andou pelos cemitérios do Mundo à procura de esculturas eróticas fúnebres para as compilar em livro.



O resultado já foi lançado em França e chama-se ‘Érotique des Cimetières' (‘Erotismo dos Cemitérios'). Ao todo, a obra inclui 400 fotografias em 225 páginas, expostas a partir do extenso arquivo fotográfico do artista.

Ao ‘Libération', Chabot explicou que gosta de se definir como "um caminhante necropolitano que disfruta desentranhando os sonhos depositados em cada monumento funerário".

Mais: no seu site oficial, André Chabot diz ser especialista de cemitérios e arte funerária.

cm