A maioria das crianças dos nove aos 12 anos não sabe que a puberdade é a idade em que o indivíduo se torna apto para a procriação, acreditando que significa ser pobre. Entre os 2626 alunos que participaram num inquérito da Ordem dos Enfermeiros, a maioria também entende que o uso de tampão leva à perda da virgindade.



Integrada na iniciativa ‘Geração Saudável’, a acção decorreu entre Janeiro e Março deste ano e realizou-se em 11 escolas do Centro e Sul, localizadas, na maioria, em zonas do Interior ou periferia de Lisboa, onde muitas famílias apresentam carências financeiras.

António Hipólito de Aguiar, presidente da secção de Lisboa da ordem, refere que "as crianças apresentam grandes desconhecimentos sobre sexualidade". A ignorância leva a que perguntem, por exemplo, "como se vê se uma rapariga é virgem". Outros pensam que utilizar a pílula protege das infecções sexualmente transmissíveis.

No projecto, a maioria dos menores referiu que procura esclarecer as dúvidas com os pais (69%), e no recurso a material informativo, a maioria disse que procura respostas em livros (51%). Em Janeiro, o autocarro da ‘Geração Saudável’ irá visitar mais 24 escolas, sob o tema do enfarte do miocárdio.

cm